Valman

A sedução pela arte mágica apareceu aos 15 anos de idade quando adquiriu o livro "Magia Teatral" de Martins de Oliveira. Os conhecimentos obtidos e o gosto pela magia levou-o a participar em animações de grupos de amigos e familiares. Durante o serviço militar, em Moçambique, teve a oportunidade de se apresentar a plateias mais alargadas. Regressado do Ultramar, ingressa numa empresa onde encontra como colega o Savil que o introduziu no ambiente dos ilusionistas. Começou por frequentar o CIF tornando-se seu associado no início da década de 80, não faltando aos "Magic Porto" e congressos da Figueira da Foz. Durante vários anos dedicou-se, em especial, à magia para crianças no âmbito da empresa onde trabalhava, tendo especial preferência por close-up e magia de salão. O que poderei dizer, é que fazendo também parte do CIF, onde tem colaborado em diversos eventos, é um profissional em palco e um óptimo “professor”, por lhe serem reconhecidas elevadas capacidades de saber, organização e comunicação.
Faz uma magia vocacionada especialmente para o “parlour magic”, muito diversificada, tendo efeitos diferentes dos habituais, que ele próprio estuda e apresenta de modo diferente, dando-lhes o seu cunho pessoal e muito particular. Muitos dos aparatos com que actua são feitos pelo próprio.
Por dois anos seguidos, esteve presente no GMS – Grupo Mágico de Sintra, onde no último ano apresentou um workshop sobre o Chop-Cup em conjunto com Salazar Ribeiro.
Tem sido uma referencia para novos mágicos, pois a sua open mind tutela lhe uma partilha digna de um mestre.
Valman faz parte da direcção do Magicvalongo, papel que tem desempenhado com muito rigor.
No que concerne ao MagicValongo, é ele que, após tudo bem estruturado para o Festival que se irá realizar, faz toda a documentação de apoio necessária ao bom funcionamento organizacional interno

VER TUDOVER MENOS